terça-feira, 2 de junho de 2009

Outro exemplo


É um jogador carismático para os portugueses.
Foi o que mais alto chegou.
Foi considerado o melhor do mundo.
Tem uma carreira cheia de títulos e de prémios, mas ao contrário de Maldini, nunca foi um jogador com apego a qualquer clube (razão pela qual a fotografia que procurei fosse sem qualquer clubismo). Sempre se preocupou mais em gerir a sua carreira em termos desportivos e financeiros. Não que isso possa ser considerado um erro, mas foi muito criticado pela forma como se transferiu de Barcelona para Madrid. Talvez pudesse ter sido menos brusco, mas no futebol, muitas vezes as coisas só se resolvem assim.
Também a sua saída do Sporting não foi pacifica, pois só foi para a Catalunha porque foi proibido de ir para Itália onde havia assinado por dois clubes ao mesmo tempo.
Ainda hoje se diz sportinguista, mas os adeptos dos leões desconfiam.
Apesar de tudo isto e desportivamente falando fica o lamento pelo abandono de um génio que tanto prazer nos deu ver jogar, independentemente da camisola que vestiu.
Na memória fica-me aquele golo ao Schmeichel em Leiria pela selecção portuguesa contra os dinamarqueses. Digno de figurar nos melhores golos de sempre.
Quanto ao futuro, fala-se da Federação... esperemos que mantenha o juízo que demonstrou pela vida fora e não se meta em alhadas.
O futebol português não o merece!

4 comentários:

Tijoão da Tasca disse...

Um verdadeiro sportinguista, pensa mesmo assim !E há muitos ...

aNNóNNimo disse...

Recordá-lo-ei por 2 imagens, a de um dos lagartos "cabeçudos" que levou 6 em Alvalade e aquele grande GOLO e espectacular exibição contra a Inglaterra.

aNNóNNimo disse...

Não esqueças que também assinou pelo Glorioso!
Recordá-lo-ei por 2 imagens, a de um dos lagartos "cabeçudos" que levou 6 em Alvalade e aquele grande GOLO e espectacular exibição contra a Inglaterra.

Anónimo disse...

Le Portugais de Manchester United a été élu homme le plus sexy de l'année par le magazine "Gay Times".

A défaut de remporter le Ballon d'Or ou la Ligue des Champions, Cristiano Ronaldo (surnommé Cri Cri) vient de s'offrir un titre non moins prestigieux, celui d'homme le plus sexy de l'année.
Un titre décerné tous les ans par le magazine anglais "Gay Times". Icône gay, le Portugais de Manchester United très apprécié par les Gays remporte ce titre haut la main. Seul ombre au tableau, vu ses résultats actuels sur les circuits, ce sera sans doute son seul trophée en 2009... eh oui....

L'ancien Ballon D'Or a un sacré caractère, souvent une sale mentalité, mais c'est vrai : qu'il a tout pour figurer dans ce classement et pourquoi pas au prochain mondial de travestis! Ce sont les gays espagnols qui vont être gais s'il signe au Real Madrid.