quinta-feira, 19 de março de 2009

Posso não ser de sempre, mas serei para sempre


Já aqui e noutros lados, muitas vezes, defendi Ricardo Pereira.

Uma vez mais o faço quando tem capacidade de encaixe para o facto de continuar a não ser convocado para uma selecção cheia de remendos e sem vozes de comando.

E muito me apraz ouvi-lo falar bem de quem o tratou bem e concluir dizendo que pode não ter sido do Sporting desde sempre, mas que o será para sempre.

Um Homem de grande elevação.

2 comentários:

Dragão Maronês disse...

Deixá-lo estar lá bem sossegadinho em Sevilha. Isso quer dizer que, embora não tenhamos grandes razões para estar descansados quanto a quem vai ocupar a baliza no próximo jogo da selecção, parece-me que, ainda assim, qualquer dos guarda-redes convocados dá mais garantias.
Ricardo enquanto guarda-redes de classe é uma fraude.Só mesmo Scolari é que o aguentava na Selecção.
Paz à sua alma!
De ambos.

aNNóNNimo disse...

Não há-de estar reconhecido ao SCP!
Ganhava 1500 contos no Boavista...o Benfica ofereceu-lhe 7500 (muito mais do que o seu valor real) o Sportém levou-o por 15000 (o mesmo que pagava ao Pulga e ao etíope com falta de peso)!
Até eu virava "melancia"!!!