terça-feira, 20 de abril de 2010

Há decisões que precisam de ser explicadas


Há coisas que se passam na nossa vida que são tão nossas que os outros não conseguem entender. Porque é a nossa vida, só temos que explicar a quem entendermos ou a quem connosco convive directamente.
Mas quando estas coisas se passam na vida de um clube com sócios, accionistas e adeptos, há decisões que deveriam ser explicadas para que todos pudessem entender.
Paulo Sérgio como treinador do Sporting é claramente uma dessas decisões.
Qual terá sido o raciocínio que levou os ilustres dirigentes do clube de Alvalade a contratar uma pessoa sem provas dadas no futebol?
No seu curriculum constam os respeitáveis Olhanense, Santa Clara e Beira Mar da Liga de Honra e o Paços de Ferreira e o Guimarães da Primeira Divisão mas sem resultados de relevância, pois o Ulisses Morais no Paços fez o mesmo e até mesmo o Inácio na Naval tem feito muito mais que o exigível, por exemplo.
Muito pouco para servir para o meu Sporting!
Mourinho só há um!... Já tentámos com o Peseiro, com o Paulo Bento, com o Carvalhal e agora insistimos no erro.
Isto apenas provoca uma banalização do clube que cada vez é mais pequeno pois não são os pais que têm que cativar os filhos para serem sportinguistas, mas sim o clube a ter uma dinâmica de vitórias que puxe para seus adeptos os filhos de portistas e benfiquistas. Isso sim, é dinâmica!
Mais uma vez me parece que andamos a remendar furos de um pneu que está cheio de buracos e que vai, certamente, furar noutro lado e o Paulo Sérgio vai ser mais um a ter uma passagem efémera por esta estrutura.
Continuo a defender o que defendia até aqui. No momento que o clube atravessa, o primeiro passo seria contratar um treinador com carisma e curriculum. Claro que era Manuel José o meu eleito. É caro? Talvez, mas como diz a sabedoria popular, muitas vezes o barato sai caro!!!
Eu, pessoalmente, cada vez estou mais desiludido, não consigo esconder.

8 comentários:

Anónimo disse...

??????Manuel José :
O que é que este Senhor ganhou em todos os anos de carreira???????

JMFeijão disse...

Não posso deixar de lhe responder:

Palmarés:

Boavista

Taça de Portugal 1991/92
Supertaça 1992/93

Al-Ahly

Liga dos Campeões Africanos 2001, 2005, 2006, 2008
Supertaça de África 2002, 2006, 2007, 2009
Campeão Egípcio 2004/2005, 2005/2006, 2006/2007, 2007/2008, 2008/2009
Supertaça Egipto 2005, 2006, 2007, 2008
Taça do Egípto 2006, 2007
3º Classificado no Fifa Club World Cup Japan 2006 (17.12.2006)

Melhor Treinador Português 2008 (18.5.2009)

No dia 24 de Dezembro de 2006 foi distinguido, pelo presidente egípcio Hosni Mubarak, com a Medalha do Desporto de 1ª Categoria pelo seu contributo para com o Al Ahly e o futebol egícpio. Esta é uma das maiores (senão a maior) distinções que um cidadão português pode alcançar na terra dos faraós.

Se achar pouco, tente encontrar em Portugal, quem tenha mais, não esquecendo que, pelo estrangeiro, têm andado muitos...

Para além de ter sido o treinador dos 7 - 1...

low desert puke disse...

E por ter sido o treinador dos 7-1 viu, tal como voce viu, o Benfica vencer nao sò esse campeonato como também a taça de Portugal.

papataças disse...

não sou sportinguista mas...
o porquê do Paulo Sérgio:
-treinador novo com método e ambicioso
-treinador que protege o grupo, o balneário e que, tal como costinha, não gosta de fugas de informação.
-ùnica questão que coloco: vale os 600 mil que o sporting vai pagar ao guimarães??

Anónimo disse...

Afinal com este comentário até dás a ideia que andas a concorrer com o;L"eão"mpeão da estrela

Joseph Lemos disse...

Pois foi o treinador dos 7-1, mas por causa desses 7-1 ficaram com os pés inchados e o GLORIOSO foi campeão depois de ter estado 7 pontos atrás!

Anónimo disse...

http://portimonense1914.blogspot.com/2010/04/e-nosso-ha-duvidas.html

Filipe Futebol Total disse...

Já adicionei o seu blog na minha lista. Faça o mesmo.
http://filipefuteboltotal.blogspot.com/

obrigado