quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Voltámos ao antigamente...

Uma vitória moral.
Fizemos o suficiente para vencer mas não conseguimos.
Quem não marca arrisca-se a sofrer.
Não se podem falhar golos assim.

Já não estava habituado a ouvir isto! Cheira-me ao tempo de outros senhores, ou dos mesmos... em repetição.

O brasileiro não ganhou nada? Pois não! Mas não falhámos apuramentos, éramos respeitados e não perdíamos em casa. Aliás, em apuramentos, não perdíamos!

Tirámos um guarda-redes que dava frangos. Certo! E o que é que pusemos lá?
O outro adaptava o Paulo Ferreira. Este o que faz?
O outro não convocava o Maniche porque não andava bem. Este convoca! Mas ele não está bem!
O outro não convocava o Danny, o Pedro Mendes e o Yannick porque não faziam falta. Este convoca! Mas eles não fazem falta!
O outro utilizava brasileiros naturalizados. Este está desertinho que o Liedson se naturalize!
O outro não iria explicar porque é que trocou o Hugo Almeida pelo Nuno Gomes, nem o Nani pelo Moutinho. Este também não deve explicar porque o fez e sobretudo porque é que não meteu o Bruno Alves. Depois foi vê-los a ganhar bolas de cabeça...

Só falta ele desculpar-se como o preparador físico do Quique. Eles não estavam habituados a isto...

O outro estava-se a cagar para os comentadores. Este foi lá posto pelos comentadores.
Agora guizem-no com batatas.

A África do Sul também me fica fora de mão, por isso se não nos apurarmos também não faz mal porque eu não deveria lá ir...

Que tristeza...

2 comentários:

MédioCriativo disse...

Eh pá, é que é isso mesmo! Bom post. Acho que era isto mesmo o que eu escreveria se hoje conseguisse escrever alguma coisa.

Mas vamos lá ter calma e dar oportunidade ao homem. Porque uma coisa também é verdade: o que hoje eu vi em campo em termos tácticos foi algo por mim nunca visto na Selecção. E disso eu gosto.

O resto que tu tão bem descreveste, dispenso de bom grado!

MC
www.gordovaiabaliza.blogspot.com

K-Jo Vendetta disse...

sublinho as palavras do médio, mas só a partir do segundo parágrafo...