terça-feira, 9 de setembro de 2008

Vou pedir asilo futebolistico a Marrocos...

Não há cu que aguente tanta fantochada.
Não há quem explique aos benfiquistas que estas coisas não os credibilizam?
Não há quem explique aos benfiquistas que o Fernando Seara não lhes presta um bom trabalho? Já toda a gente se ri dele...

Isto é hilariante

2 comentários:

Joao disse...

Se há adepto que não pode levantar a "voz" para falar de arbitragem (erros, falhas, etc), é o adepto sportinguista. Qualquer erro, nem que seja um lançamento de linha lateral, mal assinalado, serve para o Paulo Bento e o Filipe Sores Franco se lamentarem 3 meses. Ja nem falo das conferencias de imprensa onde o vosso treinador adivinha os futuros erros dos arbitros, nem muito menos eu falo dos lutos, como forma de credibilização do futebol portugues.
Claro que concordo com a sua opinião, embora ela peque, como é habito, de cegueira clubite. Claro que é uma palhaçada estes sumarissimos. Mais, não consigo perceber como se pune alguem por agressão e depois se castiga por dois jogos; e mais tarde como o réu até é um gajo porreiro a pena é atenuada para um jogo só. se ha agressão a pena devia ser durissima, sem contemplações. Mas coloco-lhe duas questões:1-São mais validas as imagens da sportv que as de qualquer outro meio? 2- O que é e o que não é agressão?
obrigado

JMFeijão disse...

O meu sportinguismo não me leva a concordar com tudo o que se tem dito ou feito.
Mas o meu sportinguismo também, muitas vezes, tem ficado com pena que não se diga ou não se façam mais coisas. Afinal é o único que nunca aparece em lado nenhum. Não há escutas, não há apelos aos TAS, não há nada... Isto é tão mau que até valorizam umas declaraçõezitas de nada do Paulo Bento.
Sobre as suas perguntas, mais uma vez, tenho opinião publicada, no blog e em imprensa regional. Leia aqui:
http://pontadalanca.blogspot.com/2007/10/transparncia.html
Utilizem-se os meios. Evitem-se as desculpas. Copie-se quem faz bem (rugby).
Mas enquanto não se fizer isso, continuam, os poderosos, a controlar os cordelinhos das marionetas.
É por isto que o futebol não muda. Para que possa continuar a haver controlo.
Para que as equipas suiças prevaleçam sobre as portuguesas.
Para conseguir afastar a Inglaterra de um europeu na Suiça, onde a polícia não lhe apetecia ter hooligans.
Para poder continuar a haver dirigentes com poder cá e lá...
Para... para... para...
Se calhar estou de acordo consigo, percebe?...