quarta-feira, 22 de julho de 2009

Que grande estupidez!!!

Para o ano é muito fácil, basta que a equipa que precisar convoque os seus adeptos para a pedrada e o campeonato tá ganho...
Será que quem decide estas coisas está bom da cabeça???
Que raio de aplicação de justiça é esta com abertura de precedentes de tal forma graves???
Não consigo estar de acordo com tamanha estupidez e por aqui me fico!!!

4 comentários:

Tijoão da Tasca disse...

E aindame falam no guarda Abel ! Falta de vergonha !

Anónimo disse...

A vergonha não tem fim.

http://oantilampiao.blogspot.com/2009/07/vergonha-nao-tem-fim.html

Anónimo disse...

A Máfia está bem organizada
A isto o Orelhas xama:verdade desportiva e a FPF Alinha
Já estou em crer dizer que o P.C.fói ultrapassado pelo orelhas nas jogadas de gabinete e ao ver estas cenas e como afirmam ;NÃO VAMOS FALAR DE ÁRBITOS então já está a ser preparado o que os pardalitos dizem:::este ano é que é...T O P A S ????

Anónimo disse...

Ser campeão é o estímulo das grandes clubes. O Benfica não sendo um clube grande – esses são o Sporting e o Portoregional – mas sim, um clube ENORME, não deixa de também ser assim.
Foi o Benfica recentemente CAMPEÃO DE JUNIORES.
Confesso que, embora ficasse contente, não me agradou A FORMA como alcançou esse desiderato, mormente com a decisão federativa referente ao último jogo.
Como todos sabem, no jogo em que se decidia o título, jogado na pedreira de Alcochete, foi esse, interrompido aos 25 m de jogo, por falta de condições, visto que, os adeptos de ambos os clubes, decidiram entreter-se com umas pedradas, ao melhor estilo lançadores de funda.
O Benfica, em tempo útil, alertou para a falta de condições do recinto para o jogo que se propunha. Ninguém o ouviu ou quis ouvir.
Sabe-se da grande rivalidade entre as claques dos dois clubes.
Deixando nos terrenos baldios montes de pedras, parece até, olhando aos avisos, que a intenção de quem as lá deixou – direcção do Sporting a maior responsável – queria assistir ao lançamento das mesmas, não que quisesse que essas atingissem alguém gravemente – autêntico milagre – mas sim, para ver quem atirava mais longe.
Sou TOTALMENTE contra a violência seja ela de que índole for.
Por isso não pactuo com a destruição de viaturas, agressão física ou verbal, ou outra da mesma génese, como aconteceu no dito jogo.
Pergunta-se?
- Quem começou os atritos?
- Quem tinha interesse na confusão?
- Quem tinha interesse que outro clube fosse castigado com derrota?
- Quem não providenciou que o caminho de cabras por onde fizeram passar os adeptos do Benfica estivessem, cheios de pedras prontas para o tiro ao alvo?
- Quem na bancada já tinha a seus pés pedras preparadas para atirar como se pode aquilatar pelas imagens de um certo vídeo?

Perguntas de difícil resposta, mas de fácil conclusão. Quem tinha interesse em todas essas coisas era o Sporting. Ganhando o jogo, era campeão. E não se afigurava fácil conseguir a vitória, no confronto desportiva, em campo, olhando à grande equipa do Benfica e ao apoio que essa tinha por uma massa adepta gloriosa.
Imaginemos que o Benfica, só tinha um ponto de avanço do clube assumidamente corrupto? Quem era o campeão?
Por essa, entre outras razões, que não concordo com a decisão final tomada e APOIO TOTALMENTE esta decisão do Sport Lisboa e Benfica, a que alude o seu comunicado.
Agora, um certo BENTENCURTO, vem dizer que se ganham campeonatos à pedrada. Mas não era essa a sua intenção quando permitiu que as pedras ficassem no local onde se encontravam?
Parece que sim.

Mesmo assim, sou de opinião que o jogo deveria ser repetido, num estádio qualquer, onde a segurança fosse o maior símbolo e fossem esgrimidas no campo todas as verdadeiras “armas” pois acredito que o Benfica seria, na mesma, CAMPEÃO.