terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Taça da Liga - A Polémica!

Polémica que não tem razão de ser.
O Regulamento da competição está publicado e é claro. É tão claro que nem usa estrangeirismos, tem tudo bem escrito em português.

Dizem as alíneas de a) a f) do nº 6 do Artigo 8º do Regulamento de Competições que a forma de desempate é efectuada da seguinte maneira:

"a) Número de pontos alcançados pelos Clubes empatados, no jogo ou jogos que entre si realizaram;
b) Maior diferença entre o número de golos marcados e o número de golos sofridos pelos Clubes empatados, nos jogos que realizaram entre si;
c) Maior número de golos marcados no campo do adversário, nos jogos que realizaram entre si;
d) Maior diferença entre o número dos golos marcados e o número de golos sofridos pelos Clubes nos jogos realizados em toda a competição;
e) O maior número de vitórias em toda a competição;
f) O maior número de golos marcados em toda a competição.
"

Se quem lê isto fica com alguma espécie de dúvida, talvez tenha que voltar à escola. Em nenhum lado se fala em "goal-average". Isto sim é a divisão dos golos marcados pelos sofridos para dar a média (average).
A diferença entre o número de golos marcados e sofridos é isso mesmo... a diferença! Um menos o outro!
Há dúvidas???

Analisando o caso em concreto, com os elementos acima, apenas encontramos na alínea f) a forma de desempate pois tudo o resto é igual. Uma vez que o Vitória marcou 3 golos e os Belenenses apenas marcaram 2, está correcta a interpretação da Liga.
Não há caso!

3 comentários:

Pedro disse...

Amigo,

No mesmo Regulamento, veja o Anexo II - Regulamento da Taça da Liga, e na página 55 desse PDF, nomeadamente no ponto 3 do Artigo 7º, leia os critérios de desempate desta competição.
Está lá escrito claramente «goal-average...
Logo, segundo sua leitura dessa expressão, não há dúvidas...

JMFeijão disse...

Assumo que não li essa parte...
A ser assim, há que desempatar no regulamento da Liga... Como será que se processa esse desempate entre escritos diferentes no mesmo documento???
A confusão do costume, não há nada a fazer!

Carlos Saraiva disse...

Caro JM Feijão é claro que há algo a fazer: Pedrir a demissão dos dirigentes da Liga.

http://chutodeletra.blogspot.com/