quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Faz-me brotoeja

Este rapaz de nome Vítor Baía faz-me brotoeja, tenho que confessar!
Nunca fui um admirador seu, mas nunca disse mal pois respeito a carreira que fez, independentemente de ter o direito de achar que nunca foi o que se quis fazer dele. Reconheço que não se chega a titular do Porto, do Barcelona e da Selecção sem qualidade mas continuo com a mesma opinião que aqui expressei ontem sobre o Quim, um guarda-redes é o espelho de uma equipa e não são muitos a ter a sorte de poder ter um Aloísio a comandar uma defesa durante meia-dúzia de anos... (para bom entendedor...)
A foto que anexo é a imagem que sempre me vem à cabeça quando penso neste senhor, o guarda-redes dos frangos bonitos. Tantos e tão variados, nunca explorados e empolados pela comunicação social como os de outros.
Pelos vistos, ontem num debate promovido pelo Clube dos Pensadores teceu alguns considerandos sobre a formação de jogadores em Portugal, sendo destacadas algumas frases no Maisfutebol que aqui comento rapidamente:
«A formação do Sporting é realmente competente, mas nasceu em virtude do clube falhar muitas contratações», disse. «É o resultado de uma gestão menos acertada» Não me custa aceitar que pense assim, mas isso só realça que houve quem aprendesse com os erros.

Depois rematou assim, «Tem sido uma excelente escola, mas que peca por não aproveitar os jogadores que forma e que acabam muitas vezes por ser aproveitados noutros clubes, nomeadamente no F.C. Porto» Não sei se merece algum comentário, mas ainda assim devo dizer que as aldrabices que se fizeram no seu clube serviram para que tivesse dinheiro para gastar em jogadores formados pelos outros, enquanto esses se viram forçados a "criar" para vender.

Ainda assim prefiro, probrezinho mas honesto!

Penso também que é com este tipo de discurso que Baía se vai revelando e aproximando daquela pessoa que eu acho que ele é e que todos dizem que não é. Que se vai parecendo com aquele que atirou com a bola à cara de um colega de equipa durante um desempate por penaltis, só porque este ocupava o lugar que queria que fosse seu na selecção. Que revelou o mau feitio de não saber acatar as escolhas se estas não recaíssem em si. Que mostrava o ressabiamento de quem não era opção, invectivando quem tinha a responsabilidade da escolha.

Não sou obrigado a gostar de toda a gente...

9 comentários:

Apito Camuflado disse...

Caro Jaime Feijão,
De facto ninguém é obrigado a gostar de toda a gente, tal como nem toda a gente é obriga a gostar do Cristiano Ronaldo, facto tão criticado por ti nos últimos dias.
Mas a frieza dos números falam por si, por isso convido-te a consultar a Wikipedia de Vitor Baia em: http://pt.wikipedia.org/wiki/V%C3%ADtor_Ba%C3%ADa onde apenas destaco: "Baía é o jogador de futebol com mais títulos a nível mundial, tendo conquistado 32" e "...tendo mesmo sido considerado o melhor guarda-redes europeu de 2004, pela UEFA." É facto que durante todos os anos de carreira " O Balizas" sempre se fez acompanhar por bons defesas centrais "Aloisio, Fernando Couto, Jorges Costa entre outros não contratados à Academia do Sporting mas o futebol é um jogo de equipa onde só prevalecem e tém sucesso os mais fortes...

César João Lourenço

Sofizita disse...

A respeito do comentário do Sporting não aproveitar a boa escola que tem, eu também digo a mesma coisa aos sportinguista e não ganho nada com isso. Se o clube o faz de forma desonesta não sei e como tal não discuto. Não creio é que o Baía tenha algum dia feito parte dessas eventuais trambiquices e por isso parece-me a constatação de um mero facto.

Já em relação ao caracter do Baía, não o conheço e como tal a minha opnião é de uma mera portista que vai seguindo com calma a vida do seu clube. Para mim o Baía foi dos jogadores mais marcantes do meu clube e que mais pena me deu vê-lo encostado. Admito que alguns dos seus comentários a respeito do seu afastamento da selecção não tenham sido os mais felizes mas também sou capaz de ver que é humano e que erra, e ver um selecionador nacional deixar de o convocar e convocar o terceiro guarda-redes do FCP, possa soar a provocação. E às vezes até os melhores humanos reagem perante uma provocação.

Tem razão, ninguém é obrigado a gostar de toda a gente mas deste eu gosto e muito. :)

tico disse...

Já agora poderá me dizer onde brilhou Quaresma, Nuno Valente, Simão Sabrosa, Cristiano Ronaldo, Figo, entre muitos outros ? Que títulos importantes o Sporting ganhou com isso ?

Anónimo disse...

Oh ressabiado, ele só disse a mais pura das verdades, coisa com a qual pelos vistos não sabes lidar.

Por onde anda esse outrora grande guarda redes que frangava a bom frangar e que se vos fartou de enterrar no sporting? Ah, suplente do poderoso Bétis, ultimo classficado do camp. espanhol.

Esse Ricardo, ele sim é um nojo como pessoa ao escrever o que escreveu num livro, porque não soube sentar-se no banco da selecção. Esse Ricardo é o tal que nos custou o único título a nível de selecções que poderíamos conquistar neste milénio, assim como nos cobriu de vergonha no último europeu.

A imagem de Baía, lá fora, onde não abundam os ressabiados como tu, é a de um senhor guarda redes, o melhor de todos os tempos em Portugal. Frangava? Claro, tal como Bento e Damas, mas pelo menos não vinha para a TV dizer "parem de perseguir o Ricardo" lol, lol "isto não é frango", "vcs não percebem nada de futebol".

Baía fica para a história, é uma lenda, Ricardo mal se foi embora o seu padrinho, papazinho, etc (por sinal não fez força nenhuma para o levar para o Chelsea, onde se começa a ver o que vale esse graaande treinador)perdeu-se na história, aquece o banco de um guarda redes que ninguém sabe o nome do Bétis. Selecção népias, porque foi-se embora o papá.

Baía ganhou o que nunca Ricardo poderá ganhar, a sua exclusão da selecção no ano em que foi só o melhor guarda redes da Europa para a uefa é das maiores vergonhas do futebol português.

Quanto ao resto, são bojardas de mau perdedor, ainda devem ser resquícios das últimas enrabadelas em Alvalade, mesmo contando o teu clube com os especialistas em roubar o FCP de seu nome Lucílio Calabote e Bruno Ladrão. Os atis que conseguem num só jogo não ver nenhum dos 3 penaltis por assinalar contra o zbording. Para não falar da jogada de andebol do Tonel em leiria que deu uma supertaça ao zbording. Eu gostava de ser assim prejudicado,caramba.

Pedro disse...

Pelos vistos não faz somente brotoeja....

Incomoda muito mais. Vocês são apaixonados pelo baís, de facto não passam disso uns eternos apaixonados do baia. O homem já não joga, não se preocupe mais com ele. Olhe que comentar umas linhas de umas afirmações que ele fez numa conferência sem perceber o tom, o contxto e a sequência das mesmas, é doentio, e só revela a necessidade de bater mais no ceguinho.

Deixe lá que ele já não joga, e relativamente a atirar a bola à cara de um colega de facto mostra muito da forma que se critica o baía. Ele não atirou, ele fez da bola um objecto contundente de uma agressão barbara, inqualíficavel, contra um santo angelical que nunca tinha dito uma palavra contra ele....

De facto não somos obrigados a gostar de toda a gente, mas dos que nos atormentam, sempre arranjamos uns minutos para escrever.....

Anónimo disse...

a ideia que fica é que 2 personagens muito diferentes se uniram para falar do Sporting...eusébio e baía.

diferentes ou, se calhar, muito iguais na falta de nível!

MACXDREAM disse...

Não falem mal do "vitorbalizas", o homem era o guarda redes com mais estilo nas balizas, até a ir buscar a bola ao fundo das redes era o que tinha mais classe, ehehehehehe!!!!!!

Anónimo disse...

Nem o homem alguma vez entrou na cabine de um árbitro de pistola, nem foi atrás de um seleccionador nacional de futebol para o agredir por ter sido preterido nas escolhas!
Falta muita memória, serenidade e bom senso a muita gente que só sabe cuspir para o ar!
ACL

JMFeijão disse...

Nem nunca ninguém quis desculpar o mal de uns com o mal dos outros. Cada um que sofra as suas consequências.
Há mais quem nunca tenha feito mal e depois de preterido não andou a reclamar o seu lugar. Lembram-se do João Pinto?...